Clube de Engenharia
Fundado em 1880

O que você procura?
Revista
Autores
Categorias
Subcategorias
Tags
Linha 2 do metrô do Rio está estrangulada por falta de conclusão de seu projeto

Linha 2 do metrô do Rio está estrangulada por falta de conclusão de seu projeto

Linha 2 do metrô do Rio está estrangulada por falta de conclusão de seu projeto
Mobilidade Humana

Construção de trecho entre o Estácio e a Praça XV é fundamental para o conforto dos passageiros

Grande parte dos passageiros que transitam pela movimentada estação do metrô da Carioca não sabe que debaixo da atual plataforma há uma outra já escavada que também serviria para embarque e desembarque. A obra nunca foi concluída, mas seria fundamental para que a Linha 2 chegasse ao Centro. A interrupção do projeto tem estrangulado a capacidade de transporte desse trajeto que corta a Zona Norte do Rio de Janeiro e sua retomada é considerada essencial por parte de especialistas. Diante do anúncio feito do governo do estado de levar os trilhos metroviários até a Baixada Fluminense, cresce ainda mais a necessidade de se concluir o trajeto.

Linha 2 do metrô do Rio está estrangulada por falta de conclusão de seu projeto stronglinha 2 do metro do rio esta estrangulada por falta de conclusao de seu projetostrong stronglinha 2 do metro do rio esta estrangulada por falta de conclusao de seu projetostrong 1
Trecho entre a Central e Botafogo vive sobreposição de linhas. Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil

A discussão sobre a conclusão da Linha 2 do metrô foi retomada por um Grupo de Trabalho formado por representantes do Fórum Permanente de Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro e da Divisão Técnica de Transportes e Logística (DTRL) do Clube de Engenharia. Na opinião dos especialistas que compõem a equipe, a criação da Linha 1-A, que liga a Pavuna a Botafogo sobrepondo a 1 e a 2, foi um equívoco. Entre outras consequências, a medida reduziu o tamanho das composições de oito para seis carros, para que os vagões, num traçado em Y, passassem pela estação Central e seguissem até Botafogo. 

Além de limitar a capacidade de transporte do metrô do subúrbio carioca, a medida dificulta a operação do sistema, pois uma linha interfere no funcionamento da outra. O resultado é que os passageiros da antiga Linha 2 precisam se espremer nos vagões, principalmente nos horários de rush. 

O problema pode até se agravar, se for realmente realizado o projeto anunciado pelo governo estadual de levar o metrô da Pavuna até Nova Iguaçu. A ampliação pode ser até necessária, mas vai acarretar um potencial aumento de 370 mil passageiros diários. Se o trecho entre o Estácio e a Praça XV não for concluído antes, dificilmente o sistema terá capacidade de absorver mais pessoas.

Linha 2 do metrô do Rio está estrangulada por falta de conclusão de seu projeto stronglinha 2 do metro do rio esta estrangulada por falta de conclusao de seu projetostrong stronglinha 2 do metro do rio esta estrangulada por falta de conclusao de seu projetostrong
Capacidade do metrô precisa ser ampliada. Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O geólogo Newton Machado, que é integrante da DTRL, argumenta que a retomada do projeto original e a complementação das escavações até a Praça XV tem uma importância ainda mais estratégica para a Região Metropolitana do Rio devido devido ao fato de que no futuro essa estação pode se ligar ao Centro de Niterói, através de um túnel subaquático sob a Baía de Guanabara. Nesse local, os passageiros poderão fazer conexão com a futura Linha 3 do Metrô, projeto antigo que iria até São Gonçalo. 

Sabemos que a construção da Linha 3 foi adiada, mas não foi descartada. Enquanto ela não é feita, quem desembarcar na Praça XV terá como alternativa pegar as barcas até Niterói. Seria um acréscimo a esse transporte, que precisa ser revitalizado”, explica Machado. 

A extensão do metrô entre o Estácio e a Praça XV acrescentaria à Linha 2 3,7 quilômetros de trilhos, passando por três estações intermediárias: Catumbi, Cruz Vermelha e Carioca. A proposta não só já foi endossada por estudos técnicos prévios, como o PDTU (2015-2016) e o PDM (2017), como vem a casar com a atual necessidade de revitalização da região central. Se for adotada e as composições passarem a ter oito vagões em vez de seis, a capacidade de transporte da Linha 2 passa para 96 mil passageiros por hora por sentido. Os intervalos também seriam encurtados para cerca de um minuto e meio, o que daria conforto e maior previsibilidade para os usuários.

Linha 2 do metrô do Rio está estrangulada por falta de conclusão de seu projeto stronglinha 2 do metro do rio esta estrangulada por falta de conclusao de seu projetostrong stronglinha 2 do metro do rio esta estrangulada por falta de conclusao de seu projetostrong 2
Abaixo da Estação Carioca há escavação para outra plataforma. Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Segundo Machado, há diversas formas de se obter recursos para o projeto, que poderia receber aporte da iniciativa privada, inclusive. “A própria concessionária poderia participar do projeto, tendo em vista o aumento no número de passageiros que o sistema iria ganhar”, argumenta o geólogo.

Print Friendly, PDF & Email

Recomendado

Próximos Eventos

Fale Conosco

Print Friendly, PDF & Email
Enviar Carta
Inscrição