Escola de Engenharia de São Carlos completa 70 anos

Aula inaugural marcou o início das atividades da instituição de ensino do Interior do Estado de São Paulo

Há 70 anos, em 18 de abril de 1953, acontecia no prédio da Casa D’Itália, no centro da cidade, a aula inaugural da Escola de Engenharia de São Carlos, proferida pelo então governador do Estado de São Paulo, Lucas Nogueira Garcez. A partir daquele momento, a USP iniciava oficialmente suas atividades em São Carlos, resultado concreto da aprovação da Lei nº 161, de 24 de setembro de 1948, baseada no projeto apresentado pelo Deputado Miguel Petrilli.    

Engenharia Civil e Engenharia Mecânica foram os cursos que deram início à graduação, em 1953. De um total de 200 candidatos, 39 foram habilitados para a primeira turma. Já a estruturação da pós-graduação ocorreu em 1970, passando a formar pesquisadores, nos níveis de mestrado e doutorado, se consolidando entre os melhores programas nacionais de pós-graduação na área de engenharia.     

Em 4 de setembro de 1954, a USP inicia o preparo do terreno, doado pela prefeitura municipal, para a construção do prédio definitivo da Escola, primeira expansão física. A obra atrasou, em virtude de uma crise financeira, mas, em 1956, a Unidade começou a ser transferida para o emblemático Bloco E-1 (mudança concluída no ano seguinte, com o término total do edifício), dando origem ao atual campus universitário (Área 1).  

Escola de Engenharia de São Carlos completa 70 anos escola de engenharia de sao carlos completa 70 anos escola de engenharia de sao carlos completa 70 anos
Estudantes da primeira turma da EESC-USP

No novo espaço, as atividades da Escola de Engenharia se multiplicaram e, como resultado de um transbordamento, novas unidades de ensino e pesquisa se originaram a partir da EESC: o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação, o Instituto de Física de São Carlos (IFSC), o Instituto de Química de São Carlos (IQSC) e o Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU).

Atualmente, a EESC-USP oferece dez cursos de graduação, que formam engenheiros altamente qualificados para atender às demandas do mercado de trabalho. Ainda durante a graduação, o aluno se aproxima do universo da pesquisa, por meio de projetos integrados, atividades extracurriculares ou no contato com os programas de pós-graduação, sendo 11 no total. Esses programas, todos com níveis de mestrado e doutorado, objetivam a formação de docentes, pesquisadores e profissionais especializados.

Com diversos grupos temáticos, a EESC promove pesquisa inovadora e criativa na busca por soluções sustentáveis para os maiores desafios da engenharia contemporânea.

Entre as ações da Escola, também estão o estímulo ao empreendedorismo, o fomento à internacionalização e a extensão de suas atividades à comunidade.

Hoje, a EESC está distribuída fisicamente pelas áreas que compõem o Campus USP de São Carlos, perfazendo mais de 155 hectares.

Dedicada a essa missão, a EESC é reconhecida em todas as áreas da Engenharia em que atua, contribuindo para o desenvolvimento educacional, científico e tecnológico. Em especial, alavancou o desenvolvimento regional, fazendo com que a cidade de São Carlos fosse reconhecida nacionalmente como “A Capital da Tecnologia”. 

“Esta é uma data de celebração conjunta, porque nenhuma instituição alcança uma trajetória dessa proporção sem a participação de pessoas determinadas. A história da EESC evidencia isso e todos que fizeram e fazem parte dela, certamente, estão comemorando no dia hoje. Continuamos com o compromisso focado na excelência do ensino, da pesquisa e da inovação”, destacou o diretor da EESC, Fernando Martini Catalano.

Cápsula do Tempo

Como parte das atividades comemorativas, nesta terça-feira, dia 18, haverá o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Estado de São Paulo, do município de São Carlos e da EESC-USP.  

O evento acontecerá às 9 horas, na praça do Bloco E-1. Na sequência, também haverá a abertura da cápsula do tempo para receber mensagens de toda a comunidade do campus e da cidade. Essa é uma forma de conectar o presente com o futuro, permitindo que as pessoas de hoje possam compartilhar suas ideias, sonhos e esperanças com as próximas gerações.

A cápsula do tempo estará disposta na Portaria do Bloco E-1. Você pode levar sua mensagem pronta ou escrever em um cartão timbrado que será disponibilizado no local.

O fechamento do recipiente acontecerá no dia 20 deste mês, quinta-feira, durante o lançamento do sétimo pórtico do Portal Décadas, a ser realizado logo após a cerimônia de posse dos novos diretor e vice-diretor da Escola. Já a reabertura está prevista para daqui a 30 anos, em 2053, quando a EESC-USP completará 100 anos.

A programação dos 70 anos da EESC, mensagens e história da instituição podem ser consultadas no hot site: eesc.usp.br/70anos.

Print Friendly, PDF & Email

Fale Conosco

Print Friendly, PDF & Email
Inscrição

Enviar Carta