Clube de Engenharia
Fundado em 1880

O que você procura?
Revista
Autores
Categorias
Subcategorias
Tags

Estudantes receberão aulas de reforço de Cálculo no Clube de Engenharia

Parceria da entidade com o Senge-RJ e a Mútua permitirá a realização do Curso André Rebouças, oferecido pelo coletivo Força Motriz

Estudantes de Engenharia que enfrentam dificuldades com Cálculo terão maiores chances de vencer os desafios matemáticos. O coletivo estudantil Força Motriz vai oferecer aulas de reforço dessa disciplina gratuitamente através do Curso André Rebouças. O projeto conta com o apoio do Clube de Engenharia, que cedeu espaço de sua sede no Centro, do Sindicato dos Engenheiros do Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) e da Mútua-RJ e tem como prioridade atender alunos carentes e cotistas. Nesta terça-feira (31/01), começa um preparatório.

Coordenador do coletivo, Pedro Enrique Monforte explica que o objetivo do projeto não é apenas melhorar o desempenho dos estudantes na disciplina em suas faculdades. O grupo pretende incentivar uma mudança de método didático por parte das instituições, que precisam tornar o ensino do Cálculo mais atrativo e vinculado às aplicações reais de um profissional da Engenharia.

Mas combater as repetências também é uma prioridade, pois esse mal carreta altas taxas de evasão dos cursos. A inclusão de um módulo de pré-cálculo para ser dado em 14 aulas, às terças e quintas-feiras, ocorreu em função da necessidade de cobrir lacunas que os alunos trazem até do Ensino Médio.

“Recebemos um grande número de inscrições e agora procuramos novos professores voluntários para, quem sabe, conseguir ampliar o número de vagas. Nosso foco é no apoio ao estudante carente. Grande dos beneficiados é de cotistas, negros e moradores de favelas ou da periferia do Rio”, explica Monforte.

Estudantes receberão aulas de reforço de Cálculo no Clube de Engenharia estudantes receberao aulas de reforco de calculo no clube de engenharia estudantes receberao aulas de reforco de calculo no clube de engenharia 3
Aula inaugural do ano realizada no Clube de Engenharia

O coletivo Força Motriz surgiu em 2017, formado basicamente por alunos da Engenharia da UFRJ, mas com o tempo ganhou integrantes de outros cursos, inclusive de Humanas. Combatem a exclusão social e a discriminação racial e por isso resolveram homenagear o engenheiro André Rebouças com o nome do curso, tendo em vista seu exemplo de vida e sua luta pelo Abolicionismo e a inclusão do negro na sociedade.

Na última quinta-feira, 26/01, o coletivo promoveu uma aula inaugural no Clube de Engenharia para receber os alunos, explicar como funcionará o curso e também serviu como ensinamento de História. O historiador Gabriel Siqueira falou sobre a importância e o legado de André Rebouças, que se recusava a atuar em projetos que utilizassem de mão de obra escravizada.

“Muitas dessas tecnologias que estão amplamente divulgadas e disponíveis no campo da Engenharia foram criadas por africanos e seus descendentes”, ressaltou Siqueira.

O presidente do Clube, Márcio Girão, saudou o participantes do curso e incentivou-os a se dedicarem com afinco ao estudo de Cálculo. “Sem o Cálculo não existiria a Engenharia moderna. Para ser um bom engenheiro, é preciso ser um bom aluno de Cálculo”, concluiu Girão.

Assista à palestra do presidente Márcio Girão:

Print Friendly, PDF & Email

Recomendado

Próximos Eventos

  • Anuncie Aqui

  • Se você viu, seu cliente também verá!

  • Fale Conosco

    Print Friendly, PDF & Email
    Inscrição

    Enviar Carta