Clube de Engenharia
Fundado em 1880

O que você procura?
Revista
Autores
Categorias
Subcategorias
Tags

Letramento digital é indispensável para a cidadania e a vida profissional

Saber lidar com a tecnologia digital é fundamental para todas as gerações, como
mostrou o Encontros com Tecnologia

Os avanços tecnológicos têm ocorrido de forma cada vez mais rápida, fenômeno que
não é fácil de ser acompanhado pela sociedade. Ter conhecimento do funcionamento
de ferramentas básicas disponíveis é uma necessidade para o exercício da cidadania e
das atividades profissionais, mas o domínio das funcionalidades ocorre de forma muito
desigual. Para tratar desse descompasso e de como temos que superá-lo, a mentora e
educadora Marcilene Scantamburlo deu uma palestra para o projeto Encontros com
Tecnologia, do Clube de Engenharia
. Ela mostrou o quanto as transformações
impactam todas as gerações e todos os grupos sociais, querendo as pessoas ou não.


O tema debatido foi “Desafios do letramento digital”, pois lidar com essas mudanças
no campo tecnológico equivale sim à importância que tinha há algumas décadas o
domínio da escrita. A transformação digital não surgiu de uma hora para outra e já
começou nos anos 1950, quando passou a influenciar muitas atividades humanas, mas seu
instrumental e suas técnicas vêm evoluindo de forma muito acelerada, o que se
acentuou ainda mais após a pandemia. Para se ter uma ideia, durante muito tempo
foram utilizados suportes físicos, como disquete e fitas cassetes para gravar e
transportar dados, mas esses instrumentos sequer são necessários atualmente, pelo
uso do armazenamento em nuvem.


“O tema do letramento digital hoje é muito caro à nossa sociedade em particular
porque precisamos nos desenvolver, bem como que os tantos milhões de
desempregados e empregados empreendam dentro e fora de suas organizações. Num
mundo em transformação digital, esse letramento é fundamental, inclusive para o
exercício da cidadania e para o exercício de suas carreiras e profissões”, argumentou a
coordenadora do evento, a conselheira vitalícia do Clube, Fátima Sobral Fernandes.


A palestrante explicou que o dia-a-dia das pessoas e suas atividades profissionais
tendem a ser cada vez mais impactados pela inteligência artificial. Ela proporcionará
uma automação nunca vista na indústria, por exemplo. São transformações que devem
extinguir com algumas profissões e criar outras. Apesar do medo de um grande
desemprego em massa, há muitas oportunidades que se abrem, desde que o sistema
educacional se adapte às necessidades do novo sistema produtivo e que os
profissionais se atualizem constantemente.


O conhecimento sobre a tecnologia é uma necessidade não só econômica, mas
também de segurança. Sem o domínio do funcionamento desses instrumentos, o ser
humano fica vulnerável a golpes, a ter sua privacidade invadida ou a ser manipulado.
Muitos podem também estar desenvolvendo dependência de conteúdo digital,
perdendo tempo desnecessariamente com o consumo de postagens nas redes sociais.

“O letramento está muito ligado ao conjunto de técnicas e habilidades que nós
precisamos ter para interagir nesse mundo tecnológico. Isso ocorre em vários níveis
porque cada geração tem uma necessidade diferente”, ressaltou a palestrante, que
também destacou a importância do desenvolvimento de habilidades comportamentais
aliadas às habilidades técnicas.


Como nas edições anteriores, o Encontros com Tecnologia proporcionou aos
participantes uma valiosa oportunidade para troca de ideias e para o networking
temático. O público pôde encaminhar suas dúvidas para a palestrante e opinar sobre o
assunto.

Foto: Pixabay.

    Print Friendly, PDF & Email

    Recomendado

    Próximos Eventos

  • Anuncie Aqui

  • Se você viu, seu cliente também verá!

  • Fale Conosco

    Print Friendly, PDF & Email
    Inscrição

    Enviar Carta