Clube de Engenharia
Fundado em 1880

O que você procura?
Revista
Autores
Categorias
Subcategorias
Tags

Livro traça a história de desbravador da engenharia no Brasil

Obra conta a história e contribuições do Brigadeiro Alpoim, militar português responsável por invenções e que deixou marcas em monumentos do país

Numa época em que a especialização é uma exigência cada vez mais forte, encontrar exemplos de pessoas que tenham não só múltiplas habilidades e conhecimentos como demonstrem excelência em diversas áreas é extremamente incomum. Por isso, merece ser resgatada a história de um engenheiro português que viveu no Brasil no século XVIII. O Brigadeiro Alpoim (1700-1765) foi inventor, arquiteto, matemático, professor, além ter tido domínio da engenharia militar e artilharia, deixando sua marca tanto no Rio de Janeiro quanto em outros estados. Suas façanhas e contribuições estão contadas no livro “Brigadeiro Alpoim — Um politécnico no período colonial”, de Teresa Cristina de Carvalho Piva, lançado recentemente em Portugal.

A obra praticamente reproduz tese de doutorado da pesquisadora defendida em 2007, pelo Programa de História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia da UFRJ. Apesar da importância do engenheiro militar para o Brasil, só agora o texto foi impresso pelo selo Novos Ases, da editora Ases da Literatura, de Braga. Exemplares já podem ser encontrados em bibliotecas públicas, como a do próprio Clube de Engenharia. Ebook para o dispositivo Kindle está disponível na loja da Amazon.

A história de Jóse Fernandes Pinto Alpoim, nascido em Viana do Castelo, é contada a partir de sua contextualização histórica tanto de Portugal quanto do Brasil. A autora resgata toda a sua trajetória desde a infância, passando por seus estudos militares na Academia de Viana do Minho e sua atuação como Engenheiro de Fortificações da região do Alentejo. Por conta de seus conhecimentos na área, o rei D. João V o enviou ao Brasil aos 38 anos com a missão de fortalecer a defesa do território.

A pesquisadora chegou a ir a Portugal também para levantar informações sobre a vida do brigadeiro. Quando chegou ao Rio, em 1738, ele trabalhou em colaboração com o governador Gomes Freire e atuou na reforma do edifício conhecido hoje como Paço Imperial e também histórico Arco do Teles, bem como na construção do Convento de Santa Teresa, obras em que se demonstram seu talento e inventividade na engenharia e no desenho.

Livro traça a história de desbravador da engenharia no Brasil livro traca a historia de desbravador da engenharia no brasil livro traca a historia de desbravador da engenharia no brasil
Capa do livro editado em Portugal

Atuou na construção de diversas fortificações pelo país e ajudou a demarcar os limites do território brasileiro, deixando valioso legado para a soberania nacional. Sua marca também é bastante significativa em Minas Gerais, sendo atribuído a ele o plano urbanístico do centro histórico de Mariana e o Palácio dos Governadores, em Ouro Preto.

Era um estudioso de artilharia e matemática aplicada, área em que deixou inclusive escritos. É também notável sua máquina de reparo de navios. “Sua obra principal de engenharia foi a construção da máquina para querenar navios, um engenho que surgiu da necessidade de consertar duas fragatas inglesas. As embarcações eram muito grandes e não se conseguia deitar os navios os reparos necessários”, conforme explica trecho do livro.

Num país colonial em que não havia sequer cursos formais de nível superior, a contribuição de um estudioso com conhecimentos tão vastos não ficou apenas nas obras executadas, pois Alpoim também compartilhou muito de seus saberes com os brasileiros da época e contribuiu com embrião do ensino da engenharia no Brasil, que depois foi institucionalizado através da Escola Politécnica e do Instituto Militar de Engenharia (IME).

“O Brigadeiro não foi só um engenheiro, mas um politécnico com múltiplos conhecimentos. Viveu praticamente na mesma época que o Aleijadinho, que apesar de ser um grande artista, não teve esse mesmo caráter multifacetado que teve Alpoim”, ressalta a pesquisadora.

Print Friendly, PDF & Email

Recomendado

Próximos Eventos

Fale Conosco

Print Friendly, PDF & Email
Inscrição
Enviar Carta