Clube de Engenharia
Fundado em 1880

O que você procura?
Revista
Autores
Categorias
Subcategorias
Tags

Mercado de banda larga desacelera em 2022; veja as líderes em novos clientes

Por Henrique Julião

Texto publicado originalmente pelo Teletime

A desaceleração no crescimento da banda larga fixa em 2022 foi confirmada por números para o ano divulgados pela ANATEL (mas ainda passíveis de ajustes): até dezembro, 44,442 milhões de contratos foram reportados pelas operadoras brasileiras, em alta anual de 6,7%.

A adição líquida dos pelo menos 2,785 milhões de novos acessos ficou bem distante de 2021 – quando 5,312 milhões de contratos foram adicionados (+14,6%). Ainda que a marca total de 2022 deva passar por atualização (alguns provedores menores reportam clientes com atraso), a desaceleração no ano passado seguirá relevante.

Os novos acessos em fibra também caíram: de de 9,1 milhões em 2021 para 4,86 milhões, conforme os dados preliminares de 2022 (alta de 6,7%). Em dezembro, 30,9 milhões de contratos usavam a tecnologia óptica, contra 8,8 milhões suportados pelo cabo e 2,5 milhões, pelas redes de cobre. Tais tecnologias legadas perderam 280 mil e 1,7 milhão de clientes ano passado, na ordem.

Uma desaceleração também foi apontada nos contratos (independente da tecnologia) associados às prestadoras de pequeno porte: 22,3 milhões, ou 2,75 milhões de novos clientes (contra 5,3 milhões adicionados em 2021).

No entanto, o agrupamento de ISPs ultrapassou no ano passado os clientes detidos pelas prestadoras de maior porte (22,1 milhões até dezembro). A diferença é que as grandes voltaram a crescer como grupo em 2022, adicionando 31 mil acessos após perda de 83 mil clientes em 2021.

Grupos

Como apontado por TELETIME ao longo do ano, empresas como Brisanet, Alloha (EB Fibra), Americanet e Desktop foram destaques na absorção de clientes – seja de forma orgânica (no caso das duas primeiras) ou com ajuda de aquisições (como as duas últimas).

Mercado de banda larga desacelera em 2022; veja as líderes em novos clientes Captura de Tela 2023 02 10 as 1.40.03 PM

Entre as grandes, a Vivo foi o destaque em aumento da base e também na adição e conversão para fibra (mais 874 mil clientes, para 5,48 milhões que formam a maior rede FTTH do País). A Claro também teve performance positiva no consolidado das tecnologias e avanço na fibra (261 mil novos acessos, para 884 mil na líder do mercado total).

Já a Oi foi a única dentre as 15 maiores empresas da banda larga a apresentar redução de base total, apesar da adição líquida de 539 mil clientes ópticos. A base de fibra da empresa somava 4,23 milhões em dezembro.

Foto em destaque: Pixabay.

Print Friendly, PDF & Email

Recomendado

Próximos Eventos

  • Anuncie Aqui

  • Se você viu, seu cliente também verá!

  • Fale Conosco

    Print Friendly, PDF & Email
    Inscrição

    Enviar Carta