Clube de Engenharia
Fundado em 1880

O que você procura?
Revista
Autores
Categorias
Subcategorias
Tags

Roberto Medronho é escolhido para ser o novo reitor da UFRJ

Médico terá como vice a engenheira química Cássia Turci, que integra chapa vencedora, eleita pela comunidade da maior universidade federal do país

Roberto Medronho e Cássia Turci foram os escolhidos pela comunidade universitária para a Reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), considerada a maior universidade federal do país. Ele, como reitor, e ela, como vice-reitora, pela chapa 10 − UFRJ para Todos, cumprirão o mandato que vai de julho de 2023 a julho de 2027. A apuração dos votos teve início na manhã da sexta-feira (28/04), no Espaço Flex, localizado no Instituto Tércio Pacitti de Aplicações e Pesquisas Computacionais (NCE). O processo foi interrompido na noite do mesmo dia e retomado na terça-feira (02/05).

Segundo Medronho, estão entre suas prioridades de gestão a assistência estudantil, a infraestrutura e a reforma da graduação.

“A primeira prioridade é a assistência estudantil, combate incessante à evasão e retenção, porque, inclusive, ela é maior nos setores mais vulneráveis. Segunda é a infraestrutura: precisamos dar dignidade aos nossos servidores, técnicos-administrativos e docentes, e aos nossos alunos para melhorar as condições de trabalho. E terceira: nós precisamos ter uma reforma da nossa graduação porque não cabe mais hoje fazermos o que fazíamos desde o século passado”, disse.

A chapa 20 − Redesenhando a UFRJ, liderada por Vantuil Pereira, do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas em Direitos Humanos (Nepp-DH), e Katya Gualter, da Escola de Educação Física e Desportos (EEFD), obteve 19,8% dos votos.

Durante a campanha para a eleição, a chapa vencedora apresentou diversas propostas.

Principais propostas

  • A defesa dos princípios da autonomia da universidade e o seu caráter eminentemente público, plural e diverso; dos fundamentos da liberdade de cátedra e de pensamento; e da indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão;
  • Reconhecer e respeitar trajetórias de luta e a diversidade de estudantes e trabalhadoras/es na construção de um ambiente democrático na UFRJ e no Brasil;
  • Reconstruir e melhorar as condições de trabalho, de estudo, de pesquisa, levando adiante a missão de enfrentar com ideias e ações os desafios da cidade, do país e do planeta. A sustentabilidade está na ordem do dia;
  • Garantir uma política de cotas inclusiva e ampliada para todas as instâncias e em todos os níveis de seleção: de docentes, técnicos administrativos, entrada nos cursos de graduação e pós-graduação, bolsas de extensão, com a distribuição equânime de bolsas com critérios de inclusão e sustentabilidade;
  • Atuar firmemente para liberação das vagas para concurso público para recomposição do corpo docente e técnicos administrativos e ações para garantir a valorização desses servidores que precisam de salários dignos e compatíveis com seus fazeres na educação superior;
  • Em conjunto com o MEC e demais ministérios da área econômica e sociais, buscar a ampliação das bolsas acadêmicas e sociais, assim como, de políticas de permanência do estudante de graduação e pós-graduação como restaurantes, residências e mobilidade;
  • Interagir com as secretarias de saúde municipais, estadual e Ministério da Saúde para o fortalecimento do Complexo Hospitalar da UFRJ, tendo como missão principal atender a população e manutenção de seu papel fundamental de formação dos profissionais da área da saúde.

Quem são Roberto Medronho e Cássia Turci

Roberto Medronho é escolhido para ser o novo reitor da UFRJ roberto medronho e escolhido para ser o novo reitor da ufrj roberto medronho e escolhido para ser o novo reitor da ufrj 1
Roberto Medronho, da Faculdade de Medicina, foi escolhido pela UFRJ para ser o novo reitor | Foto: Fábio Caffé (SGCOM/UFRJ)

Roberto Medronho, professor titular da Faculdade de Medicina (FM), hoje é coordenador do Laboratório de Epidemiologia das Doenças Transmissíveis. É também doutor e mestre em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Graduado em Medicina pela UFRJ, o pesquisador fez residência médica em Medicina Preventiva e Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e em Pediatria pelo Hospital Federal da Lagoa. Foi diretor da FM de 2011 a 2020 e também do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva (Iesc), além de ter coordenado o Grupo de Trabalho Multidisciplinar para Enfrentamento à Pandemia de Covid-19 da UFRJ (GT-Coronavírus).

Roberto Medronho é escolhido para ser o novo reitor da UFRJ roberto medronho e escolhido para ser o novo reitor da ufrj roberto medronho e escolhido para ser o novo reitor da ufrj 2
Cássia Turci foi escolhida pela comunidade universitária como vice-reitora | Foto: Fábio Caffé (SGCOM/UFRJ)

Cássia Turci é professora titular do Instituto de Química. Atualmente, é decana do Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza (CCMN). É doutora em Físico-Química pela UFRJ, com período sanduíche pela Universidade Mcmaster (Canadá), onde também fez seu pós-doutorado. Mestre em Química pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), tem três especializações, entre elas uma na área de radiação pelo Centro Internacional de Física Teórica (Itália). A pesquisadora é graduada em Engenharia Química pela Escola de Engenharia Mauá. Foi diretora do Instituto de Química de 2004 a 2012 e de 2013 a 2017. Além disso, coordenou o Grupo de Trabalho (GT) Álcool, que funcionou durante o período crítico de covid-19 e produziu mais de 150 mil litros de álcool, gerando uma economia de cerca de R$ 1,5 milhão aos cofres da UFRJ.

Print Friendly, PDF & Email

Recomendado

Próximos Eventos

Fale Conosco

Print Friendly, PDF & Email
Inscrição
Enviar Carta