Clube de Engenharia
Fundado em 1880

O que você procura?
Revista
Autores
Categorias
Subcategorias
Tags
Clube de Engenharia contribui com proposta de diretrizes para novo governo

Clube de Engenharia contribui com proposta de diretrizes para novo governo

Clube de Engenharia contribui com proposta de diretrizes para novo governo
Um Projeto para a Reconstrução do Brasil

Documento de ‘Um Projeto para Reconstrução do Brasil‘ foi recebido pelo Gabinete de Transição e pelo presidente Lula, com ações a serem implementadas de imediato

Durante quase dois meses, centenas de técnicos, políticos e representantes da sociedade civil, divididos em 39 grupos de trabalho temáticos, se desdobraram para que o novo governo iniciasse com ações planejadas a partir de 2023. Foi um árduo trabalho de diagnóstico da situação da máquina pública que estava sendo entregue e de levantamento de propostas para um novo rumo de desenvolvimento para o país, realizado pelo Gabinete de Transição. Esse processo foi enriquecido com a contribuição do Clube de Engenharia, que elaborou o documento “Um Projeto para Reconstrução do Brasil”, elencando medidas a serem tomadas em diversas áreas e destinado a suas equipes. O documento também foi entregue ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantendo a tradição da entidade de participação democrática e de responsabilidade com relação aos rumos do Brasil.

Ideias contidas no documento foram expostas presencialmente para o Grupo Técnico de Ciência, Tecnologia e Inovação no fim de novembro, pelo presidente da entidade, Márcio Girão, em um evento realizado na COPPE/UFRJ.  Além dos próprios membros do GT, estiveram presentes representantes da UFRJ, do setor empresarial e de associações estudantis. 

Clube de Engenharia contribui com proposta de diretrizes para novo governo clube de engenharia contribui com proposta de diretrizes para novo governo clube de engenharia contribui com proposta de diretrizes para novo governo 1
Grupo Técnico de Ciência, Tecnologia e Inovação recebeu propostas na COPPE/UFRJ

O debate evidenciou a convergência existente entre diversos integrantes da comunidade acadêmica e do Clube com relação à necessidade de se aumentar o fomento a projetos inovadores de base tecnológica, principalmente através do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e de outros mecanismos de incentivo. O não contingenciamento desses recursos é uma prioridade, que foi de imediato encampada pela nova ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos. 

O Clube também defende o investimento de pelo menos 2% do PIB em Ciência, Tecnologia e Inovação, numa fase inicial, podendo superar essa margem nos próximos anos. São metas que vão ao encontro da prática de países que vêm alcançando forte crescimento econômico e desenvolvimento social, tendo em vista o maior valor agregado de produtos de base tecnológica com relação às commodities e seu potencial de geração de empregos qualificados. 

Mas além do campo tecnológico, o documento do Clube inclui quase 70 diretrizes para serem implantadas pelo novo governo em outras áreas. As propostas foram divididas em cinco grupos: Reconstrução do Desenvolvimento e do Estado Democrático de Direito; Educação e Ciência, Tecnologia & Inovação (CT&I); Desenvolvimento Social (Cidadania) e Meio Ambiente; Desenvolvimento Econômico-Industrial e Soberania e Inserção Internacional. As ideias refletem posições históricas da entidade, adequadas à realidade atual. 

A elaboração do documento foi realizada a partir de quatro debates, entre julho e setembro de 2022, com a participação de especialistas, e conta com a contribuição das Divisões Técnicas Especializadas e de conselheiros da entidade. A coordenação é da vice-presidente Maria Alice Ibañez Duarte e dos conselheiros Carlos Ferreira e Sebastião Soares. As diretrizes tratam de desafios internos e externos a serem enfrentados pelo novo governo e buscam curar retrocessos vividos no processo de desenvolvimento do país, ocorridos nos últimos anos. Refletem o objetivo de transformar o Brasil em uma nação mais rica, justa, democrática e soberana.

A íntegra do documento está disponível na revista Projetos Especiais.

Print Friendly, PDF & Email

Recomendado

Próximos Eventos

Fale Conosco

Print Friendly, PDF & Email
Enviar Carta
Inscrição

Área do Associado

Faça seu login